Cubatão: 73 anos de histórias e desenvolvimento industrial

Cubatão celebra 73 anos! A cidade, que conseguiu sua emancipação político-administrativa em 1º de janeiro de 1949, celebra seu aniversário na data em que o primeiro prefeito assume a cidade, em 9 de abril.

Muito antes de se emancipar, Cubatão já fazia sua história no cenário industrial. As construções da Companhia Fabril (1914) e Usina Henry Borden (1925), demonstravam o quanto o município se tornaria um importante centro de desenvolvimento econômico e manufatureiro.

Com o passar dos anos, a cidade foi se transformando e hospedando mais fábricas, devido as vantagens imobiliárias ou os pré-requisitos necessários às suas operações. Hoje, Cubatão possui um importante Condomínio Industrial, que comporta empresas dos setores petroquímico, siderúrgico, químico, fertilizantes e logística, além da produção de energia e da prestação de serviços. A cidade, símbolo mundial de recuperação ambiental, condecorada pela Organização Mundial das Nações Unidas (ONU), mantém ativa o seu importante papel na economia local e desenvolvimento sustentável.

Considerado como o segundo município mais industrializado no país, através do levantamento realizado pela consultoria Urban Systems a pedido da revista Exame, Cubatão hoje faz parte do ranking de “Melhores Cidades para Fazer Negócios”. Com o maior Polo Industrial da América Latina, ainda há espaço para muitas indústrias de transformação. O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) e o Centro de Integração e Desenvolvimento Empresarial da Baixada Santista (Cide) trabalham justamente para atrair esses novos negócios.

E é através da sinergia entre comunidade, poder público e indústria que são idealizados os diversos projetos sociais e ambientais promovidos pelo Condomínio ao longo dos anos, cujo objetivo é contribuir para uma transformação positiva e permanente da sociedade.

Parabéns, Cubatão! Que possamos juntos seguir no progresso industrial nacional, visando um futuro melhor para todos.