INSTITUTO USIMINAS: RESULTADOS DO COMPROMISSO COM AS COMUNIDADES

Em 2023, mais de 27 mil pessoas na Baixada Santista foram beneficiadas por 29 projetos, que somam R$ 6,1 milhões investidos    

Caminhar junto das comunidades com ações sociais, de cultura e esporte, que contribuam para o desenvolvimento local. Foi assim que a Usiminas, por meio do Instituto Usiminas, que completou três décadas de atuação em 2023, atuou nas comunidades onde estão suas operações no último ano. Nesse período, mais de 837 mil pessoas foram beneficiadas, por 161 projetos realizados em quatro estados brasileiros. No total, foram R$ 43,1 milhões investidos,
por meio das leis de incentivo, em Minas Gerais, São Paulo, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

Na Baixada Santista, foram destinados R$ 6,1 milhões para 29 projetos, beneficiando 27 mil pessoas em Cubatão, Santos e São Vicente. Essa atuação movimentou a economia criativa e gerou mais de 900 empregos direta e indiretamente, contribuindo para o crescimento, geração de renda e desenvolvimento das comunidades. Pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas publicada em 2023 aponta que o terceiro setor contribui de maneira efetiva para movimentar a economia brasileira, correspondendo a 4,27% do PIB brasileiro.

Renan Sposito participou das Oficinas Querô 2º ano em 2023, um dos projetos patrocinados pela Usiminas e apoiado pelo Instituto Usiminas. Ele conta que o curso de audiovisual do projeto lhe trouxe muitos aprendizados pessoais e profissionais que hoje pode colocar em prática na vida e no primeiro emprego. “Essa capacitação foi uma parte muito importante da minha vida. Comecei a entender quem é o Renan de agora, meus objetivos e gostos, a
mostrar mais meus talentos e a descobrir outros. Fez toda a diferença, inclusive estou colocando os aprendizados em prática no meu emprego atual. Fui contratado por uma empresa como editor de vídeo e assistente de produção audiovisual. É meu primeiro emprego e podendo fazer o que eu amo.”

Histórias como a do Renan reafirmam a busca constante da Usiminas em crescer em conjunto com a comunidade. A soma de histórias, números e resultados dos investimentos sociais coloca a companhia entre as empresas brasileiras mais bem avaliadas em sustentabilidade corporativa pelos critérios de eficiência econômica, equilíbrio ambiental, justiça social e governança, segundo o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. A empresa conquistou o reconhecimento por dois anos consecutivos (2023 e 2024).   “Estamos em permanente evolução junto das comunidades. O nosso compromisso é de longo prazo baseado na convicção de que um projeto industrial só pode evoluir integrado às pessoas daquele território. E nossas ações sociais são uma das formas de estarmos sempre por perto, contribuindo para a transformação de realidades e fortalecendo laços”, afirma André Chaves, diretor de Sustentabilidade e Relações Institucionais da Usiminas.

Escola Parceira

A Ação Educativa do Instituto Usiminas completou duas décadas de trabalho formativo e foi um dos destaques de 2023, descentralizando sua atuação para outras comunidades em que as empresas Usiminas mantêm operações. Assim, lançou o Programa Escola Parceira, realizado no segundo semestre em escolas em Ipatinga, Itatiaiuçu e Cubatão (SP), abrangendo ao todo 1.300 estudantes e 140 professores. Ao todo, foram mais de 360 horas de atividade.

Em Cubatão, o Programa Escola Parceira na UME Jayme João Olcese, alcançou 240 alunos e mais de 40 professores com uma programação educativa e cultural gratuita, alinhada às demandas pedagógicas da instituição de ensino. Ao todo, foram mais de 300 horas de atividades. A programação, pautada na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), contou com uma série de espetáculos e oficinas, e um concurso de texto e desenho sobre diversidade.

Comunidade Parceira

Outro destaque foi o Programa Comunidade Parceira. Em busca de fortalecer o diálogo e o protagonismo local, a Ação Educativa levou uma série de atividades para mulheres, jovens e pessoas 50+ do bairro Mantiqueira, em Cubatão. Além de oficinas de canto coral, a comunidade teve acesso a um curso de fotografia mobile, que se desdobrou em concurso de foto entre os moradores e exposição. A programação foi construída com base numa pesquisa realizada junto aos moradores sobre seus anseios sociais, em 2021, quando o projeto passou pela região pela primeira vez.

Fonte: Usiminas

Unipar e Instituto Unipar divulgam os projetos sociais apoiados via edital em Cubatão e região neste ano

Companhia visa impactar positivamente 2 milhões de pessoas por meio das iniciativas apoiadas até 2025

A Unipar – líder na produção de cloro e soda e segunda maior produtora de PVC na América do Sul – e o Instituto Unipar divulgam o resultado do edital para seleção de projetos sociais que serão apoiados nesse ano. No total, 19 iniciativas foram selecionadas, sendo oito projetos localizados em Cubatão e na Baixada Santista, região em que a companhia conta com uma unidade fabril.

Alinhado com a diretriz de Sustentabilidade e com os pilares estratégicos da companhia, o edital tem como objetivo promover o desenvolvimento humano e o saneamento. “Esses temas fazem parte do compromisso que assumimos em 2022 e norteiam nossos investimentos em projetos nos próximos anos, sempre com um olhar especial para as comunidades onde estamos inseridos” ressalta Suzana Santos, head de Comunicação e Sustentabilidade da Unipar.

Dentre os projetos selecionados estão os passeios ciclísticos Bora Pedalar, o Mempodera, o Ajudôu e o Sementinhas no Esporte IV, que já foram apoiados pela companhia em anos anteriores. As novidades para este ano são o Xadrez Cubatense, que ensina crianças e adolescentes de 07 a 14 anos sobre competências como concentração e visa auxiliar na formação de cidadãos e potenciais novos atletas capazes de representar o município em competições oficiais; o Saneamento é a Chave – promovido pela Ong Biosaneamento, que tem como propósito conscientizar crianças e adolescentes de escolas públicas sobre a importância da preservação dos recursos ambientais; e a Soroptimist International of Cubatão, que visa empoderar meninas e mulheres promovendo a conscientização sobre direitos, empreendedorismo, sustentabilidade e economia solidária.

Como previsto no edital, as iniciativas serão apoiadas pela companhia no âmbito da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, Fundo para a Infância e Adolescência (FIA), Fundo do Idoso, PRONAS e PRONON.

Sobre a Unipar

A Unipar é líder na produção de cloro e soda e a segunda maior produtora de PVC da América do Sul. Se destaca como uma das principais fornecedoras para os setores de saneamento e construção civil e produz matérias-primas para todas as indústrias, entre elas têxtil, de papel e celulose, de desinfetantes, alumínio, brinquedos, sapatos, alimentos, bebidas e farmacêutica, entre outras. As ações da Unipar estão listadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão sob os tickers: UNIP3, UNIP5 e UNIP6.


A companhia está presente hoje no Brasil e Argentina, com escritórios em São Paulo e Buenos Aires, e fábricas em Santo André e Cubatão (SP) e também em Bahía Blanca (Ar), além de estar construindo uma nova planta em Camaçari (BA). A empresa tem ainda duas joint ventures para autoprodução de energia renovável, com dois parques eólicos na Bahia e Rio Grande do Norte e um parque solar em Minas Gerais.

Fábrica Aberta registra mais de 124 mil visitas no Brasil

Com a retomada do pioneiro programa de turismo industrial, as unidades da Unipar no Brasil fecharam 2023 com um total de 124.070 visitantes. Após a paralisação por conta da pandemia, a iniciativa, que retornou em maio, recebeu 2.221 pessoas, sendo 1.703 em Cubatão e 518 na unidade de Santo André, ambas localizadas em São Paulo.

O programa Fábrica Aberta foi inaugurado em 1985, na unidade de Cubatão, e desde sua abertura 121.085 pessoas fizeram a visita guiada no local. Em 2018, a iniciativa foi estendida para a unidade de Santo André, que já recebeu 2.985 visitantes.

Em 2023, os destaques do programa foram as visitas das comunidades locais em ambas as unidades; dos alunos finalistas pelo Estado de São Paulo na Olimpíadas Brasileira de Química, em Cubatão; da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, realizada em parceria com Programa de Turismo Industrial e de Inovação de Santo André; e do Grupo de Pesquisadores e Professores participantes do Evento ISE 2023 (Simpósio Internacional de Energia) realizado pela Universidade Federal do ABC, em Santo André.

Além de ser pioneiro no ponto de vista do turismo industrial, o programa também tem um olhar social com o envolvimento de monitores aposentados, que são ex-colaboradores da companhia responsáveis por guiar os visitantes e explicar o processo de produção das fábricas. No total são 12 monitores, sendo 09 em Cubatão e 03 em Santo André. Para agendar uma visita, basta acessar o site.

Sobre a Unipar

A Unipar é líder na produção de cloro e soda e a segunda maior produtora de PVC da América do Sul. Se destaca como uma das principais fornecedoras para os setores de saneamento e construção civil e produz matérias-primas para todas as indústrias, entre elas têxtil, de papel e celulose, de desinfetantes, alumínio, brinquedos, sapatos, alimentos, bebidas e farmacêutica, entre outras. As ações da Unipar estão listadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão sob os tickers: UNIP3, UNIP5 e UNIP6.

A companhia está presente hoje no Brasil e Argentina, com escritórios em São Paulo e Buenos Aires, e fábricas em Santo André e Cubatão (SP) e também em Bahía Blanca (Ar), além de estar construindo uma nova planta em Camaçari (BA). A empresa tem ainda duas joint ventures para autoprodução de energia renovável, com dois parques eólicos na Bahia e Rio Grande do Norte e um parque solar em Minas Gerais.

Cubatão reúne 55 mil pessoas no Réveillon do Píer do Casqueiro

Show que coloriu o céu teve 17 minutos de fogos de artifício

A festa de boas-vindas a 2024 em Cubatão reuniu 55 mil pessoas no Píer e na Praça Independência, no Casqueiro. A contagem regressiva foi ao som do Grupo de Pagode ‘Envolvência’, banda que saiu do Cruzeiro de Neymar diretamente para Cubatão. O show pirotécnico coloriu o céu da cidade por 17 minutos ininterruptos. Foram duas toneladas de fogos de artifício; o equipamento foi disposto e acionado, por computador, na ilha defronte à beira-mar do Casqueiro.

O Píer, um dos cartões-postais da cidade que tem formato sinuoso, foi tomado pela multidão que festejou até depois da meia-noite. A festa reafirmou o lugar como especial para grandes eventos. Comemoração que invadiu a Praça Independência, especialmente na tenda cultural montada no local que recebeu pelo menos 6 horas de apresentações musicais, incluindo DJ Mallik, Banda Kubo Mágico e Athrios Band.

A Administração Municipal preparou grande estrutura de som e iluminação na Noite da Virada. As apresentações e a queima de fogos foram transmitidas ao vivo pelo YouTube e Facebook oficiais da Prefeitura de Cubatão. “Preparamos uma grande festa para receber 2024 porque temos certeza de que será um ano de grande realizações”, disse o prefeito Ademário Oliveira.

Já o secretário de Governo César Nascimento destacou a grande infraestrutura montada no local para a população: “Sem ocorrências, a Av. Beira-Mar tinha segurança da Polícia Militar, incluindo uma Base Móvel, ronda da Guarda Civil Municipal (GCM), além de banheiros químicos à disposição, equipes do Samu de plantão para atendimento a urgências e emergências. Tudo pensado com cuidado para oferecer conforto para quem veio curtir o Réveillon na cidade”.

O comércio ambulante autorizado foi disciplinado no entorno da Praça Independência.

Relacionamento com a comunidade: Unipar promove visita à Bienal

Esta é mais uma iniciativa da companhia que visa promover o desenvolvimento humano por meio de projetos sociais nas frentes de esporte, arte e cultura, ações sociais e educação

São Paulo, 08 de dezembro de 2023 – A Unipar, líder na produção de cloro e soda e segunda maior produtora de PVC na América do Sul, promoveu a visita de mais de 120 pessoas à Bienal, na última terça-feira (05), em São Paulo. Nesta oportunidade, participaram da experiência pessoas das duas localidades onde a companhia conta com unidades fabris no estados – sendo 95 alunos, familiares e professores da robótica educacional de Rio Grande da Serra, alunos do EJA, de oficinas de desenho, educadores, artistas e funcionários da Secretaria de Educação e Cultura do município, e 29 professoras e assistidas do projeto Mempodera, que conta com quatro núcleos patrocinados pela Unipar, em Cubatão (SP) e em São Luís (MA).


Além da visita às obras expostas no local, os convidados também participaram da sessão de cinema exibida no auditório.


Vale ressaltar que o auditório da Bienal foi renovado e revitalizado com apoio financeiro da Unipar, com o objetivo de atender às novas demandas do público. Além de recuperar o piso, instalar uma tela e sistema de ar condicionado, o projeto incluiu a restauração das cadeiras e sua adequação às normas de acessibilidade e inclusão. Essas mudanças foram realizadas sem comprometer a integridade do projeto original de Oscar Niemeyer, que se mantém até os dias de hoje.
“Essa experiência foi ótima para todos. É a primeira vez que a maioria desse grupo de cerca de 50 pessoas, entre os alunos 12 a 14 anos, familiares e professores, presencia um evento de arte e cultura. Desde o documentário, as fotografias até a parte sensorial, tudo foi muito rico culturalmente e na questão educacional também”, afirma o professor de robótica, Erivander Nascimento.

“Não é a primeira vez que venho a São Paulo, mas é a primeira que visito a Bienal e foi muito gratificante. Vi muitas peças interessantes, são várias formas de expressão e entendimentos com relação a todo tipo de arte. Foi um aprendizado tanto para mim, quanto para as meninas, pois em São Luís temos muito contato com a nossa cultura, mas não é tão frequente a oportunidade de conhecer algo diferente. Agradecemos a Unipar por proporcionar toda a experiência e esperamos repetir”, conta Renata Rodrigues, professora de wrestling no projeto Mempodera.

Historicamente comprometida com o desenvolvimento sociocultural do País, a Unipar atua em prol da valorização do patrimônio histórico, artístico, cultural e memorial do Brasil desde sua criação. Neste ano, mais de 40 projetos foram selecionados pela companhia por meio do seu programa de Investimento Social Privado, e contaram com investimentos na ordem de R$ 15 milhões, que visam impactar positivamente 900 mil pessoas.

“O desenvolvimento humano é uma prioridade para nós, sendo um dos pilares da nossa diretriz de sustentabilidade. Nesse sentido, atuamos nas frentes de educação, esporte, cultura e ações sociais. E, na visão de ecossistema, atuamos em parceria com os Conselhos Comunitários Consultivos (CCCs), que reúnem representantes das comunidades do entorno de nossas fábricas e com as secretarias municipais, que possibilitam o acesso de estudantes a essas iniciativas. Com eles, fazemos uma escuta ativa e debatemos as preocupações e interesses da comunidade para buscar a melhor forma de contribuir. Este é o compromisso que conecta a empresa aos locais onde está instalada, estabelecendo um pacto duradouro de confiança, transparência e de desenvolvimento sustentável com as comunidades ao redor”, ressalta Suzana Santos, head de comunicação e sustentabilidade da Unipar.

Outros projetos de impacto nacional

Além da Bienal, e todas as mostras itinerantes, a Unipar também patrocina outros projetos nas frentes de educação e cultura que têm impacto nacional. Dentre eles está o maior evento de arte da América Latina, a SP–Arte (Festival Internacional de Arte de São Paulo), o MIS, o MASP, o Museu Catavento e o MAM.

“Essas ações reforçam nosso propósito de sermos confiáveis em todas as relações. Por meio do apoio aos projetos, geramos oportunidades de interação e de acesso à cultura e à novas fontes de conhecimento, especialmente para os moradores das comunidades do entorno das nossas unidades”, finaliza Suzana.

Sobre a Unipar

A Unipar é líder na produção de cloro e soda e a segunda maior produtora de PVC da América do Sul. Se destaca como uma das principais fornecedoras para os setores de saneamento e construção civil e produz matérias-primas para todas as indústrias, entre elas têxtil, de papel e celulose, de desinfetantes, alumínio, brinquedos, sapatos, alimentos, bebidas e farmacêutica, entre outras. As ações da Unipar estão listadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão sob os tickers: UNIP3, UNIP5 e UNIP6.

A companhia está presente hoje no Brasil e Argentina, com escritórios em São Paulo e Buenos Aires, e fábricas em Santo André e Cubatão (SP) e também em Bahía Blanca (Ar), além de estar construindo uma nova planta em Camaçari (BA). A empresa tem ainda duas joint ventures para autoprodução de energia renovável, com dois parques eólicos na Bahia e Rio Grande do Norte e um parque solar em Minas Gerais.

Usiminas recebe representantes do poder público para discutir sobre competividade de Cubatão

A Usiminas recebeu, na última segunda-feira (16), uma reunião com foco na melhoria da competitividade no Polo Industrial de Cubatão. O encontro, realizado no centro industrial, foi articulado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Jorge Lima, e contou com a presença do prefeito municipal, Ademário Oliveira, além de outras autoridades estaduais, municipais, representantes do Ciesp Cubatão e das empresas do Polo. Um dos principais pontos discutidos foi a criação de estímulos para a energia limpa de forma competitiva, em particular o gás natural e, futuramente, o hidrogênio verde.

“O Governo de São Paulo, por meio do secretário, mostrou-se sensível em estimular a competitividade da indústria. Houve o compromisso com a discussão, em um grupo específico, da transição energética, além da melhoria de questões logísticas, entre outras. Ele se colocou à disposição para buscar soluções customizadas para o Polo de Cubatão”, detalha André Chaves, diretor Corporativo de Sustentabilidade, Relacionamento Institucional e Responsabilidade Social, que esteve presente no encontro.

Também foram tratadas questões relacionadas à criação de um centro de serviços e fornecedores em um raio de 80km das empresas e, também, da instalação de uma Zona de Processamento de Exportações na Baixada Santista. “São temas que estão na ordem do dia das empresas e que farão a diferença para tornar a Usiminas e o Polo de Cubatão ainda mais competitivos num cenário interno e externo. O secretário saiu com o compromisso de apoiar esses pleitos apresentados e de trazer, de forma breve, as respostas. Ele elogiou a organização e a sinergia do município e das indústrias da cidade, uma sinalização importante”, completou Américo Ferreira Neto, vice-presidente Industrial da Usiminas e diretor-titular do Ciesp Cubatão.

Unipar anuncia modernização tecnológica com investimento de mais de R$ 1 bilhão em sua fábrica de Cubatão.

 Unipar anuncia modernização tecnológica com investimento de mais de R$ 1 bilhão em sua fábrica de Cubatão

A Unipar, líder na produção de cloro e soda e segunda maior produtora de PVC na América do Sul, vai realizar uma modernização tecnológica em sua planta de Cubatão, em uma iniciativa cujos investimentos ultrapassam R$ 1 bilhão. A implementação do projeto tem início imediato e previsão de conclusão no final de 2025, com a substituição das tecnologias de mercúrio e diafragma por membrana para a produção de cloro e soda. Este projeto integra a estratégia de sustentabilidade da Companhia e reforça seus compromissos assumidos publicamente com metas de curto, médio e longo prazos no âmbito social, ambiental e de governança.

A unificação de tecnologias garantirá capacidade de produção de 210 mil toneladas de cloro por ano, representando 60% da capacidade atual da unidade. Com ela, a Unipar reduzirá em 70 mil toneladas sua emissão de CO² por ano, além de gerar menos resíduos sólidos, consumir menos energia (vapor e elétrica) e simplificar as operações no local. “A Unipar terá a maior operação de membrana na América do Sul, com ganhos de eficiência operacional, competividade e sustentabilidade. Estamos investindo no que há de melhor no mundo e teremos retorno com redução de custos fixos e variáveis, uma operação mais ágil e ainda vamos produzir uma soda com qualidade superior”, explica Rodrigo Cannaval, diretor executivo industrial da Unipar. “Nossa fábrica de Cubatão será ainda mais segura, confiável e competitiva”, complementa.

O projeto prevê a instalação de 32 quilômetros de estacas e empregará aproximadamente duas mil toneladas de estruturas metálicas e 4.500 metros cúbicos de concreto estrutural. “Como atuamos em mercados globais, precisamos estar sempre evoluindo em tecnologia para termos nossas operações cada vez mais eficientes e sustentáveis a fim de manter nossa competividade no mercado. Esse investimento reforça essa nossa prioridade estratégica de crescer com sustentabilidade e está alinhada ao nosso propósito de sermos confiáveis em todas as nossas relações”, conclui Cannaval.

Sobre a Unipar

A Unipar é líder na produção de cloro e soda e a segunda maior produtora de PVC da América do Sul. Se destaca como uma das principais fornecedoras para os setores de saneamento e construção civil e produz matérias-primas para todas as indústrias, entre elas têxtil, de papel e celulose, de desinfetantes, alumínio, brinquedos, sapatos, alimentos, bebidas e farmacêutica, entre outras. As ações da Unipar estão listadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão sob os tickers: UNIP3, UNIP5 e UNIP6.

A companhia está presente hoje no Brasil e Argentina, com escritórios em São Paulo e Buenos Aires, e fábricas em Santo André e Cubatão (SP) e também em Bahía Blanca (Ar), além de estar construindo nova planta em Camaçari (BA). A empresa tem, ainda, duas joint ventures para autoprodução de energia renovável, de outro parque eólico no Rio Grande do Norte e de um parque solar em Minas Gerais.

Teatro do Kaos apresenta espetáculo ‘Caminhos da Independência’ de 6 a 9 de setembro

Apresentações acontecem sempre às 20h. Projeto conta com patrocínio da Unipar 

O tradicional espetáculo “Caminhos da Independência”, realizado pelo Teatro do Kaos como parte das comemorações da Semana da Pátria, acontece de 6 a 9 de setembro. Sempre às 20h, a peça teatral reconta a passagem de Dom Pedro I por Cubatão, prestes a proclamar a independência do Brasil.

O espetáculo ocorre na sede do Kaos situado na Praça Coronel Joaquim Montenegro, 34, no Largo do Sapo.  O público é convidado a levar um quilo de alimento não perecível. O ‘Caminhos da Independência’ este ano é realizado via lei de incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, e conta com patrocínio da Unipar.

O enredo da peça teatral esse ano gira em torno da chegada de uma trupe em Cubatão que, em troca de hospedagem e alimentação, se apresenta para o povoado local. “ Sempre recontando parte da história do Brasil com fatos pitorescos sobre Cubatão, cidade importante como passagem até às margens do Ipiranga”, afirma Lourimar Vieira, ator e idealizador da Encenação.

Com texto de Cícero Gilmar Lopes e direção de Fabiano de Melo, figurinos de Douglas Lima, o espetáculo traz no elenco: Alana Vieira, Arthur Vieira, Camila Sandes, Rafael Almeida, Luiz Guilherme, Mariana Nunes, Lourimar Vieira, Alessandro Matheus, Christopher Moura e Juliana Barbosa . Direção de produção de Lourimar Vieira. confecção de figurinos de Dudu, maquiagem e designer Gráfico: Levi Tavares.

Sobre a Unipar – A Unipar é líder na produção de cloro e soda e a segunda maior produtora de PVC da América do Sul. Se destaca como uma das principais fornecedoras para os setores de saneamento e construção civil e produz matérias-primas para todas as indústrias, entre elas têxtil, de papel e celulose, de desinfetantes, alumínio, brinquedos, sapatos, alimentos, bebidas e farmacêutica, entre outras. As ações da Unipar estão listadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão sob os tickers: UNIP3, UNIP5 e UNIP6.
A companhia está presente hoje no Brasil e Argentina, com escritórios em São Paulo e Buenos Aires, e fábricas em Santo André e Cubatão (SP) e também em Bahía Blanca (Ar), além de estar construindo nova planta em Camaçari (BA). A empresa tem ainda duas joint ventures para autoprodução de energia renovável, com dois parques eólicos na Bahia e Rio Grande do Norte, e um parque solar em Minas Gerais.

Unipar comemora Dia Nacional do Ciclista com apoio ao projeto Bora Pedalar

Companhia é uma das patrocinadoras dos passeios ciclísticos organizados pela Associação Nacional de Desenvolvimento Esportes e Educação (ANDEE) na Baixada Santista

Em comemoração ao Dia Nacional do Ciclista (19), a Unipar – líder na produção de cloro e soda e segunda maior produtora de PVC na América do Sul – incentiva a interação, o bem-estar e a prática de esportes com apoio aos passeios ciclísticos Bora Pedalar realizados pela Associação Nacional de Desenvolvimento Esportes e Educação (ANDEE) na Baixada Santista.

A programação é composta por três passeios ciclísticos na região. O primeiro ocorrerá no próximo domingo (20) em Cubatão. Os demais serão em Santos, no dia 24 de setembro, e em São Vicente, no dia 22 de outubro.

E, além de incentivar o esporte, os eventos têm ainda um aspecto social importante. As inscrições para cada passeio ciclístico são feitas com a doação de um quilo de alimento não perecível (exceto sal e açúcar) que, ao final, será destinada aos Fundos Sociais de Solidariedade dos municípios.

“Estamos muito satisfeitos por fazer parte desse programa que promove saúde, bem-estar e a interação social entre as pessoas e o esporte ao ar livre” afirma Suzana Santos, head de Comunicação da Unipar.

A iniciativa faz parte do conjunto de mais de 40 projetos patrocinados pela Unipar e pelo Instituto Unipar por meio de leis de incentivo ou recursos próprios. Neste ano, mais de R$ 15 milhões foram investidos pela companhia, com o intuito de impactar positivamente mais de 900 mil pessoas por meio de iniciativas focadas no saneamento e no desenvolvimento humano, nas frentes de educação, ações sociais, cultura e esporte.

Bora Pedalar

O Passeio Ciclístico “BORA PEDALAR” é realizado pela Associação Nacional de Desenvolvimento Esportes e Educação (ANDEE) e tem como objetivo incentivar e fomentar o uso de bicicletas como atividade físico-esportiva, trabalhando a questão da saúde como condicionamento físico e mental, além de promover um ambiente mais equilibrado por ser um meio transporte não poluente. Os Passeios são abertos para toda população podendo participar, inscritos e os não inscritos pelo site.

Para se inscrever nas próximas ações, acesse Link.

Sobre a Unipar

A Unipar é líder na produção de cloro e soda e a segunda maior produtora de PVC da América do Sul. Se destaca como uma das principais fornecedoras para os setores de saneamento e construção civil e produz matérias-primas para todas as indústrias, entre elas têxtil, de papel e celulose, de desinfetantes, alumínio, brinquedos, sapatos, alimentos, bebidas e farmacêutica, entre outras. As ações da Unipar estão listadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa e Balcão sob os tickers: UNIP3, UNIP5 e UNIP6.
  A companhia está presente hoje no Brasil e Argentina, com escritórios em São Paulo e Buenos Aires, e fábricas em Santo André e Cubatão (SP) e também em Bahía Blanca (Ar), além de estar construindo uma nova planta em Camaçari (BA). A empresa tem ainda duas joint ventures para autoprodução de energia renovável, com dois parques eólicos na Bahia e Rio Grande do Norte e um parque solar em Minas Gerais.

CIDE realiza formatura da 1° turma do Curso de Capacitação e Profissionalização de ONG’S

Aconteceu na última quinta-feira, 29/06, a formatura da primeira turma do Projeto de Capacitação e Profissionalização de ONG’S. O programa teve participação de representantes de 20 ONGs com sede em Cubatão, que aprimoraram seus conhecimentos sobre planejamento estratégico, elaboração de projetos técnicos, leis de incentivo e projeto comercial, plano de captação de recursos e prestação de contas.

A capacitação contou com o apoio das Indústrias CMOC, Yara e Unipar. Temas como planejamento estratégico, elaboração de projetos técnicos, leis de incentivo e projeto comercial, captação de recursos e plano de capacitação de recursos foram abordados durante as aulas.